A COMEMORAÇÃO DOS 100 ANOS
diretoria

      
A Maçonaria é e sempre foi uma fraternidade universal, um movimento de espirito humano, dentro do qual tiveram e tem guarida todas as tendências favoráveis ao aprimoramento moral e material do gênero humano. Ela não se faz órgão de nenhuma orientação política ou social.
Todo maçom deve honrar e reverenciar a DEUS, tratar por igual todos os homens, sem distinção de classe, raça, cor ou credo religioso. Combater pela instrução a ambição, o orgulho, o preconceito e o erro, lugar contra a ignorância, a mentira, o fanatismo e a superstição, deplorar os que erram, esforçando-se para reconduzi-lo ao caminho certo.
Dentro dessa filosofia, a qual até hoje, norteia a maçonaria como instituição, em 01 de março de 1900 foi fundada a LOJA MAÇÔNICA LUZ DE BRODOWSKI, conforme prova boletim Oficial do Grande Oriente do Brasil, jornal oficial da maçonaria brasileira, nºs 1 a 12, 25º ano, março de 1900 a fevereiro de 1901, do Rio de Janeiro-RJ.
A primeira diretoria foi dirigida por JOAQUIM ANTÔNIO DE FREITAS e dela faziam parte os brodowskianos Pedro Petrarchi, João Jaccobini, Pedro de Barros Albernaz, Cristiano da Silva Moraes, Benjamin Aureliano Correia, Virginio Moreira Leite, Luiz Marciano de Alvarenga, Santi Octaviani, Ricardo Cerlim, Candido Calçado Gomes, João Elias Sada, Natale Fabbri, Jaime Dionisio dos Santos, Miguel Gallo, Franz Ladu, Bernardino Batista Martins, Herculano José da Silva, Emiliano José Arantes, Juliano Calil Thomaz, Silvio Strada e Virgilio Alves Cruz. A Loja foi regularizada no dia 15 de julho de 1900. A Loja, construida em terreno doado por Benjamin Aureliano Correia, foi construída no ano de 1902, na Rua General Osório, 141, onde até hoje funciona.
A partir de 1917, quando os últimos registros foram encontrados, a loja entrou em recesso, e aquele prédio passou a ser então usado para outras finalidades, tais como primeira escola estadual, dirigida pelo Prof. João Daiuto, que alfabetizou centenas de brodowskianos, entre eles, CANDIDO PORTINARI, Banda Ítalo Brasileira, Clube Atlético Bandeirante, Corporação Musical Carlos Gomes e pela Equipe da Caridade.
A partir de 1974, quando os brodowskianos Amando Fabbri, Aylton Ronaldo da Silveira, José Luiz Carreira, José Marcos Passos Valente, José Primo Pugnolli Júnior e Oswaldo Garavini ingressaram na Maçonaria, através da LOJA MAÇÔNICA WASHINGTON LUIZ, de Batatais, o sonho de reerguer a LOJA MAÇÔNICA LUZ DE BRODOWSKI começou a se concretizar e em 27 de junho de 1983, a LOJA voltou a funcionar normalmente, filiada ao Grande Oriente do Brasil e posteriormente mudando sua filiação para o Grande Oriente Paulista.
Destes fundadores desta 2a. fase, não mais fazem parte, Oswaldo Garavini que faleceu em 19 de abril de 1991 e José Marcos Passos Valente que se desfiliou em 1997.
Através de Decreto do Grande Oriente Paulista datado de 07 de julho de 1999, a data de fundação da LOJA MAÇÔNICA LUZ DE BRODOWSKI foi considerada oficialmente como 01 de março de 1900.
E no dia 01 de março de 2000, 4a. feira, no salão do Clube da Velha Guarda, foi comemorado solenemente este primeiro centenário de fundação, em sessão presidida pelo atual V.'.M.'. ANTÔNIO CARLOS FURLAN, que contou com a presença do Grão Mestre do Grande Oriente Paulista, ARNALDO FARIA, e do Adjunto, DALSON LEONIDAS ROMAGNOLLI DE BENEDETTI, e de várias autoridades maçônicas da região, entre elas, ANTÔNIO DOUGLAS ZAPOLLA, Delegado da 42a. Região Maçônica, Reynaldo Allioti, membro da Assembléia Legislativa, Toshio Furukawa, Oficial Executivo p/Est. de SP do Supremo Conselho da Ordem DeMolay e outras das cidades de Franca, Ribeirão Preto, Leme, Barretos, Mococa, Porto Ferreira, São Joaquim da Barra, Poços de Caldas, Igarapava, Barrinha, Pontal, Sertãozinho, etc., além das autoridades locais, como o Sr. José Grandi, Prefeito Municipal, Elves S. Carreira, Presidente do Lions Clube, Oswaldo Lanchoti, Presidente do Rotary Clube, Paulo Sérgio Perez, Presidente da ACI, Geraldo Gomes de Oliveira, representante do Clube da Velha Guarda, Luiz Henrique Segato, Presidente da SR 22 de Agosto.
diretoria
   Nesta reunião, os atuais fundadores, foram homenageados pelo Grande Oriente Paulista com a Medalha de Honra e diploma de mérito Maçônico, sendo que o Grão Mestre Arnaldo Faria também homenageou o Ir.'. Antônio Douglas Zapolla, Delegado da 42a. Região Maçônica, pelo seu trabalho e entregou ao sr. Prefeito Municipal, ao Delegado da 42a. Região Maçônica, ao Presidente Antônio Carlos Furlan, à Loja Maçônica Luz de Brodowski e à Loja Maçônica Phylantropia de Batatais, através de s/ Ven.'. Mest.'. , Ir.'. Antônio Toloi, a medalha de mérito do Grande Oriente Paulista.
Em nome da Loja, fez uma retrospectiva da história da Loja, o Irmão Orador José Orestes Greggio, apresentando um relato completo destes 100 anos da maçonaria brodowskiana, que em homenagem póstuma fez um preito de reconhecimento pelos relevantes serviços prestados à entidade aos saudosos irmãos Oswaldo Garavini e José Luiz Seleghim.
A Loja Maçônica entregou também aos organizados de um torneio de futebol da Fazenda Prata, srs. , um belo troféu transitório denominado TROFEU CENTENÁRIO que será oferecido aos vencedores anuais do referido torneio, ficando de posse definitiva, o clube que ganhar por 3 vezes.
Na ocasião, foi lançado também oficialmente o livro "... E A LUZ FOI FEITA....", de autorida do Ir.´. Antonio Douglas Zapolla, onde é relatado toda a história destes 100 anos da ARLS LUZ DE BRODOWSKI 072, pesquisada arduamente nos arquivos da ARLS ESTRELLA D´OESTE, de Ribeirão Preto, no Grande Oriente do Brasil, e tantos outros, cujos exemplares foram doados graciosamente para as Lojas Maçonicas de nossa região.

NOTA DO AUTOR .... E A LUZ FOI FEITA.... ( 100 ANOS)


No final da reunião, o V.'.M.'. Antônio Carlos Furlan homenageou o Grão Mestre Arnaldo Faria com um belo cartão de reconhecimento pelo trabalho que vem desenvolvido pelo mesmo na direção do Grande Oriente Paulista.
Todos foram recepcionados com um jantar, no final da sessão, onde estiveram presentes cerca de 240 pessoas, estando representadas 29 lojas da região, entre elas a Loja Maçônica Compromisso de União, de Brodowski, Phylantropia e Washington Luiz I, de Batatais, Estrella D'Oeste, Abolição de Independência, e muitas outras de Ribeirão Preto e de toda região, com 107 maçons visitantes, além de integrantes dos Capítulos DeMolay LUZ DE BRODOWSKI e CAVALEIROS DA NOVA ERA, de Batatais.

LEIA RESUMO DAS SESSÕES REALIZADAS PARA COMEMORAÇÃO 100