CONHEÇA O LIONS CLUBE CONHEÇA A LOJA MAÇONICA LUZ DE BRODOWSKI CONHEÇA O PROJETO AMANHECER

CLUBE ATLÉTICO BANDEIRANTE

rotary

Esse clube surgiu em Brodowski, em 1933, inicialmente com o especial objetivo de incrementar a prática do esporte bretão.
Tanto é certa a afirmativa que adotou a primeira denominação de BANDEIRANTE FUTEBOL CLUBE. Posteriormente, trocou o nome para CLUBE ATLÉTICO BANDEIRANTE, como veremos.

Uma primeira diretoria havia sido eleita no dia 16 de agosto de 1933, sob a presidencia do Prof. BENEDITO SIQUEIRA DE ABREU (diretor do Grupo Escolar). logo em seguida substituido por TITO LIVIO ERVAS (coletor estadual). Os demais membros desta primeira diretoria foram :
VICE PRESIDENTE: ARDUINO ERVAS
SECRETÁRIOS : ABRAÃO SAADI e TULIO TORNATORE
TESOUREIRO : JOÃO REBECHI
DIRETOR ESPORTIVO : SATURNINO LIMA
TREINADOR INFANTIL : EDUARDO BRAVO
TREINADOR JUVENIL : JOSÉ GOMES DA SILVA


Em 1934, o clube já instalava sua sede social à Rua General Osório, no velho prédio da LOJA MAÇONICA LUZ DE BRODOWSKI, então inativa. Inicialmente realizava treinos de futebol em terreno que tomou a alcunha pitoresca de "campo de carrapato", pertencente ao senhor ALTINO ARANTES DE CARVALHO, nas proximidades da Rua TUPY CALDAS ( atual Rua Vereador José Sabino ). Na esquina dessa rua com a Rua Cel. Lúcio Fagundes, foi que em 1935, entrou o clube a construir seu primeiro estádio, ao qual deu o nome de PRAÇA DE ESPORTES MÁRIO LIMA SANTOS, dotada de iluminação, vestiários, casa de zelador e inclusive arquibancadas cobertas.

MUDANÇA DE NOME

Em 1935, no dia 14 de fevereiro, aprovaram-se novos estatutos que foram registrados, mudando-se a denominação da agremiação para CLUBE ATLÉTICO BANDEIRANTE e transferia-se a sede social para a Rua Floriano Peixoto, prédio onde hoje se acha a Caixa Economica Estadual, no famoso BAR DO PADEIRINHO, do sr. JOSÉ ZAPOLLA, que foi técnico, presidente, massagista, enfim, que foi e continua sendo até hoje, um verdadeiro patrimonio do clube pela sua dedicação ao tricolor brodowskiano.
A diretoria foi reestruturada, ainda sob a presidencia de Tito Livio Ervas. Foi quando ANGELO TORNATORE passou a diretor esportivo. LIBERO MACCHETTI assumiu a tesouraria e TULIO TORNATORE elegeu-se secretário. Um primeiro departamento feminino constituiu-se, formado pelas jovens LUCINDA MARTINS, ISOLINA E EDITH MALHEIROS, CACILDA SANTOS, JOSEFINA SUAVE E ALZIRA MANDRÁ. Foi igualmente formada uma comissão de festas da qual faziam parte ERMELINDA MARTINI, JACY RAMOS, ISMENIA MALHEIROS e BRANCA MACCHETTI.

E, naquele mesmo ano, (1935), o CLUBE ATLÉTICO BANDEIRANTE fez realizar os melhores festejos carnavalescos dos antigos dias, na pequena cidade de Brodowski, poética e pequenina, que ja começava a ter projeção nacional, graças à glória nascente de Portinari...

ROL DE PRESIDENTES
Teve o CLUBE ATLÉTICO BANDEIRANTE, desde sua fundação, pela ordem cronológica, os seguintes presidentes: BENEDITO SIQUEIRA DE ABREU, TITO LÍVIO ERVAS, JOSÉ LIMA SANTOS, SALVADOR LASCALA SOBRINHO, GERALDO CARREIRA, JAYME MORANDO, LAYR ALBARELI, JOSÉ ZAPOLLA, JOAQUIM SAUL DE OLIVEIRA PASSOS, ANTONIO JOSÉ FABBRI, ANTONIO MARCOS TEIXEIRA ROQUE,IDELFONSO ALVES BORGES, JÁCOMO DE VICENTE, NELSON AGOSTINHO, PAULO SALATA, OMAR CARVALHO, MOACIR ADAMI e atualmente DR. ALFREDO AMADOR TONELLO.

OUTROS DIRETORES

E pode a entidade, durante o fluir dos anos, contar com a colaboração de treinadores eficientes, dentre os quais, ISRAEL RIBAS, NILO LASCALA, JAIME MORANDO, DELCIDES ESTEVES, JOSÉ CÉSAR RICCI, AMANDO FABBRI, MÁRIO E GILBERTO MANDRÁ, ALCIDES MANAIA (da seleção uruguaia) e MOACIR LEITE.
Foram Secretários : ABRÃO SAADI, TÚLIO TORNATORE, LAYR ALBARELI, ANTONIO ÂNGELO GOTTARDO, JOSÉ LUIZ CARREIRA, CAETANO JACOB, ANTONIO DOUGLAS ZAPOLLA, ANTONIO MARCOS TEIXEIRA ROQUE, ANTONIO LUIZ LEME DE ARAÚJO, CAETANO JACOB e outros.

O CONJUNTO POLI - ESPORTIVO
O primeiro presidente a ventilar a feliz idéia de vender-se, em lotes, o antigo estádio, a fim de que, com seu produto financeiro, se pudesse construir espaçoso Conjunto Poli-Esportivo à altura das tradições da agremiação e digno dos chamamentos da hora presente, foi o Prof. Joaquim Saul de Oliveira Passos.
A proposta de Quinzinho (como era popularmente chamado), foi amadurecendo, no seio do clube, até que em 1978, Antonio José Fabbri assumiu sua presidência e, com espírito de liderança e ânimo forte, resolveu colocar em execução a idéia. Ele próprio conta como aconteceram as coisas, no inicio:

"Partimos para a luta desmembrando em lotes a antiga Praça Mário Lima Santos, fazendo ali um loteamento do mais alto nível...
Compramos um alqueire e meio de terra do Sr. Antonio Bonato, a quem rendo também publica homenagem pela confiança depositada em nós, pois sem esta confiança não haveria a venda da terra e consequentemente não haveria a obra".

Para construção do novo estádio, Antonio José Fabbri e seus companheiros de diretoria enfrentaram sérios entraves, inclusive de natureza política, vencidos com habilidade e esforço. O estádio que engandece a cidade, veio a ser inaugurado a 10 de outubro de 1982, pelos diretores que o construiram, magnífica obra, digna, em verdade dos melhores aplausos, e que na ocasião de sua inauguração, compunha-se de campo de futebol, piscinas com água tratada, vestiários, compartimentos para lanchonetes, secretária e sanitários.

Na gestão seguinte, o Presidente Antonio Marcos Teixeira Roque (1983/1984), construiram-se um canindé de areia e uma quadra para futebol de salão. As acomodações da lanchonete foram ampliadas...

CORPO DE TEATRO
O CLUBE ATLÉTICO BANDEIRANTE, através de seu departamento artistico, de 1958 a 1962 pelo menos, fez reviver uma fase de teatro amador, que foi comun, em Brodowski, em tempos bem mais antigos, quando não se dispunha da televisão e os circos começaram a rarear na cidade.
Os modernos animadores da arte teatral, em terras brodowskianas, foram os moços Layr Albareli (1958/1959) e caetano jacob (1960/1962), quer como diretores, quer como atores. Montaram e dirigiram vários espetáculos de atos variados e peças teatrais, levados a efeito no Salão Paroquial e no Seminário Arquidiocesano. As apresentações eram submetidas à supervisão critica dos intelectuais Joaquim Seghetto Jr. e José Zara.

Em 1961, a 4 de maio, exatamente, a "troupe" do Bandeirante, com a colaboração artistica das professoras Famira Fabbri e Clara Cavalieri - sempre presentes ao chamamentos da arte, em nosso meio - apresentou-se também, com agrados gerais, na vizinha cidade de Altinópolis.

Demonstraram, naquela passada do nosso teatro amador, apreciável vocação para a arte cênica os jovens da época, ALFREDO CINTO, DELCIDES ESTEVES, MARIA VILMA GENTIL, LAÍSA DIAS DE SOUZA, AMÁLIA DOMICIANO, MANOEL MESSIAS DE ALMEIDA e, entre outros, o então menino JOSÉ EURIPEDES hoje engenheiro, em atividade na cidade de Uberlândia-MG...

A diretoria atual, 2000/2001, está assim constituida :
CLUBE ATLÉTICO BANDEIRANTE
PRESIDENTE : ALFREDO AMADOR TONELLO
SECRETÁRIO :
TESOUREIRO : FÁBIO SEVERI