A história do Ir.´. JOSÉ PRIMO PUGNOLI JUNIOR dentro da maçonaria começou a ser escrita no dia 28 de abril de 1.973, quando foi iniciado na ARLS WASHINGTON LUIZ I, em Batatais, sendo elevado ao Gr.´. de Comp.´. no dia 24/08/1973 e Exalt.´. ao Gr.´. de M.´.M.´. no dia 25/01/1974, onde participou ativamente até 27 de junho de 1.983, quando então ao lado dos Irmãos AMANDO FABBRI, AYLTON RONALDO DA SILVEIRA, OSWALDO GARAVINI, JOSÉ LUIZ CARREIRA e JOSE MARCOS PASSOS VALENTE, reergueram as colunas da LOJA MAÇONICA LUZ DE BRODOWSKI 072.
Graças ao trabalho destes irmãos, e contando com o trabalho braçal do Ir.´. Pugnoli, construtor civil, a Loja foi erguida e passou a funcionar normalmente.
No Ano Maçonico 1990/1992 foi eleito como Veneravel Mestre e um sintese do que foi este seu ano à frente da Loja pode ser resumida assim :

Ven.'. Mest.'. : José Primo Pugnolli Júnior
1º Vig.'. : Ir.'. Marcus Orlando Arantes Carvalho
2º Vig.'. : Encio Ervas Fabbri
Or.'.: Ir.'. Antônio Douglas Zapolla
Secret.'.: Ir.'. Nelson Coelho de Souza
Tes.'. : Ir.'. José Luiz Seleghim

Nesta administração, foram iniciados em 23/11/1991, os irmãos Antônio Donizeti Machado e Toshio Furukawa e em 06/6/92, os irmãos Antônio José Fabbri e Ricardo Kayserlich de Lacerda. Desligou-se em 31 de outubro de 1990, o Ir.'. Wilson Roberto Marchió, M.'.M.'.., e nesta mesma data, solicitou QUITE PLACET, o Ir.'. Audecir de Carvalho e em 14/8/91, o Ir.'. José Carlos Tait, MM, também recebeu Quite Placet. Em 29/4/92, desligou-se o Ir.'. Antônio Patrocínio.
Vários melhoramentos foram feitos no templo durante esta administração , e podemos destacar a construção de novo muro e portões, tudo com tijolo à vista, e feito também uma nova calçada, o que deu um visual muito mais agradável à Loja. Já havia então um grande entrosamento entre as lojas da região, independente de potência maçônica, e extraímos dos registros da loja, o total de 67 visitas feitas pelos irmãos, enquanto que foi recebida 498 visitas, numa média de 20,7 visitas de irmãos por mês. Várias sessões brancas foram realizadas, entre elas, a do dia DAS MÃES, feita pelo Capítulo DeMolay da Loja Estrela D'Oeste, de Rib. Preto, que já contava com vários integrantes de Brodowski, entre elas, o Ir.'. Humberto Fabbri.
Outro detalhe também foi a sess.'. br.'., realizada no dia 10/07/1991, quando o palestrante foi o Diácono da Paróquia local, Sr. Lourival Sciarreta Garducci, que na época contribuiu para diminuir a distância entre a Maçonaria e a Igreja local. O tema abordado pelo palestrante convidado foi SAUDE NA COMUNIDADE. Nesta administração foram iniciados os Irmãos Antônio Donizeti Machado e Toshio Furukawa, em 23/11/91, e em 6/6/92, a primeira iniciação após a sagração do templo, os Irmãos Antônio José Fabbri e Ricardo Kayserlich de Lacerda.
Um ponto triste desta administração foi a perda do querido Ir.'. OSWALDO GARAVINI, falecido no dia 19 de abril de 1.991, aos 55 anos de idade. Em sua homenagem, com aprovação unânime, a S.´. P.´. P.´. foi denominada ATRIO OSWALDO GARAVINI. No final deste capítulo, dedicamos um todo especial ao querido e saudoso Ir.'. Garavini.
Ainda nesta administração, no dia 04 de fevereiro de 1992, através de sugestão do Ir.'. Antônio Douglas Zapolla, foi criada a BIBLIOTECA MAÇÔNICA ANTÔNIO FABBRI, numa justa homenagem àquele nosso guardião. Hoje ela possuiu um grande acervo de livros maçônicos e profanos, que certamente muito contribuirá para abrigar a história da maçonaria e de Brodowski.
No mês de abril de 1991, com arrecadação conseguida através de vários grupos de consórcios de antenas parabólicas, administrados pelo Ir.'. Antônio Douglas Zapolla, o interior do templo foi totalmente remodelado. No dia 17 de abril, foram renovados os altares e adquiridas 50 cadeiras, estilo colonial e almofadada, num investimento de Cr$ 700.000,00. Posteriormente, adquiriu-se mais 12 cadeiras através da doação de vários irmãos. Também foi restaurada a pintura do templo, antes azul, e mudada para a cor vermelha, tradicional do Rito Escocês Antigo e Aceito, após um estudo e pesquisa das tradições deste rito. Isto aconteceu em maio de 1992, e foi orçada em Cr$ 200.000,00, tendo sido inaugurada por ocasião da sagração do templo, no dia 13 de maio. O salão de festas também recebeu melhoramentos com a pintura dos emblemas da Loja, do G.'. O.'. P.'. . Em fevereiro de 1992, a loja, com recursos daqueles grupos de consórcios, ainda foram feitos os seguintes investimentos: geladeira, fogão, pratos, talheres e a
armários de aço, num investimento de Cr$ 1.000.000,00 aproximadamente. Em julho foi feita a troca do piso do templo, adequado conforme o Rito Escocês Antigo e Aceito e colocados, em gás néon, o IOD e a Est.'. Flam.'., orçado em Cr$ 2.017.600,00.
Em setembro de 1991, foi instituído na Loja, o FAI (FUNDO DE AUXILIO AO IRMÃO), antiga idéia do Ir.'. Oswaldo Garavini, onde se criou um fundo formado por uma pequena mensalidade, para atender às necessidades dos irmãos.
Teve inicio em dezembro de 1991, a construção da Masm.´. da Loja, com 2 Cam.'. das Ref.'., e os trabalhos terminados em fevereiro de 1992, com gasto total de Cr$ 1.224.925,00, e a partir desta data as IInic.'. passaram a ser feitas na Loja, sendo a primeira a dos Irmãos ANTÔNIO JOSÉ FABBRI e RICARDO KAYSELICH DE LACERDA, no dia 06 de junho de 1.992.



A partir de então, o Ir.´. Pugnolli, o querido ZECO PUGNOLI, viveu intensamente a maçonaria, participando, crescendo. Galgou o grau 33, visitou lojas, ingressou na Maçonaria Filosofica no Subilme Capitulo Antonio Fabbri, e sempre teve uma vida laboriosa, sendo inclusive Delegado da 42a. Região Maçonica do Grande Oriente Paulista durante vários anos.

No dia 26 de julho de 1.996, quando a Loja, sob a direção do V.´.M.´. 1995/1996, Ir.´. Antonio Douglas Zapolla, comemorava o seu 13º Aniversário (96 anos),no cargo de Delegado da 42a. Região Maçonica, o Ir.´. José Primo acompanhou o Sob. Grão Mestre do Grande Oriente Paulista, nesta importante sessão Maçonica.

TEMPLO
TEMPLO